Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

A lixar uma gaja desde o século XIX

 

Permitam-me que desabafe (isto tem vindo a ser recorrente nos últimos tempos, mas são as circunstâncias da vida que assim o ditam, meus amigos), porque depois de vários anos a contribuir para a vivenda com piscina do meu querido sapateiro, e das dores dilacerantes nos pés, tenho a dizer que quem inventou a calçada portuguesa devia ter sido submetido às mais hediondas e dolorosas práticas de tortura dos tempos da Idade Média.

 

(suspiro profundo)

 

Pronto, estou bem melhor.

 

Hoje, 30 de Outubro de 2007, fiquei descalça na rua prái umas 10 vezes (e não estou a exagerar).

 

E não é falta de jeito, que eu já ando nisto há uns bons anos. Mas hoje atingi o meu limite. Tenho os pés feitos num oito. Era uma atrás da outra. Fosga-se, não há cú que aguente isto.

 

Tenho para mim que o gajo que teve esta "bela" ideia acordou um dia a pensar como havia de lixar as mulheres para todó sempre.

 

Quer dizer, mas eu agora estou condenada a parecer que tenho realmente 1,63m?

 

Este senhor não deve saber que um saltinho alto faz maravilhas por umas pernas femininas. Ou na volta até sabe, mas é invejosa.

Encontrado no deserto por Sahara às 15:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
5 comentários:
De xa-das-5 a 31 de Outubro de 2007 às 03:25
Bom, parece que temos um problema.
Mas como qq problema, tem solução.

Antes de mais nada, permite-me dizer que adoro a calçada portuguesa. É única, linda, lavável, durável e até permite que a esventrem para depois a coserem tipo House. Ou seja, na perfeição. Adoro os calceteiros, que agora até falam linguas de leste... onde já chegámos.

Quanto aos saltos altos:
Não, permite-me discordar! Umas belas pernas são umas belas pernas. Ficam bem em raso como em alto.
O alto, mais o collant preto, engana. Engana a plebe. É uma dupla mentira.
Há que assumir os 160 centímetros. As mulheres querem-se como as sardinhas, ouvi dizer.

Vá, deixa-te de alturas, sê quem és com orgulho, usa preferencialmente uns Merryll e vais ver o mundo com menos dores e outras cores.

Um kiss.
De Sahara a 31 de Outubro de 2007 às 11:06
Xá,

eu também gosto muito da calçada portuguesa, mas experimenta um dia a perder os sapatos vezes sem conta e a ficar com os pés em sangue e depois falamos! :P

Eu gosto muito dos Merrill mas para o fds, porque o emprego obriga-me a dress code.

Mas um dia ainda vou ser muito feliz e voltar aos ténes e às havaianas durante a semana! :D

Beijo.
De xa-das-5 a 1 de Novembro de 2007 às 13:19
Korror...
Dress code....
De Mary a 2 de Novembro de 2007 às 13:54
ahaha! ora ai está uma bela questão! muito bem pensado.. invejosa é o q vocemecê é, meu grande "xtralopiteco"! Sahara, podes passar la no blog e participar do jogo de associação? beijinhos
De Arroto Azul a 2 de Novembro de 2007 às 21:52
O melhor mesmo é levar uns sapatinhos rasos na mala...

Comentar post

Eu

Diz que sim...

Para o caso de se sentirem perdidos

desertodasahara@sapo.pt

Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

'Tou...

My Unkymood Punkymood (Unkymoods)

Oásis à vista!

Novas prioridades

Estás a ficar cota, chava...

I'll Be Back Soon...

Olha eu... tã linda!

Overdose cinematográfica

Vais pagar sem ripostar?

Está decidido!

Sim, eu sei...

Regresso ao deserto I

Modo...

...

Diz que estou afónica e d...

E nunca mais são cinco da...

Update

Partida, lagarta, fugida

O Sabor do Amor…

Só por 5/7 minutos...

You simple the best

Do fundo do coração…

Dicotomias femininas

Cactus com mais de 15 mts!

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Perdidos no deserto

Image Hosted by ImageShack.us

Visitas

Perdidos por aqui

online
blogs SAPO

subscrever feeds